o que há de chave baixa

na cadeira ou espelho
era grande-gigante
e muito muito cheia
do afeto que afirma
ser ruim porque é
e ainda sim
a amo

chama as gentes
de pequenas pessoinhas
porque é dona das questões
em propriedades articuladas
na ponta dos dedos críticos
da solidão coberta com
retalhos de mudas e farpas
da gaveta e vômito

eu a sinto nas cicatrizes cítricas
frescas e greco-teatrais
e no suco inteiro azedo que
era extraordinariamente mal bebido
pelas pessoas que com certeza a queriam
bem menos bem que eu
e outras tragédias

como é ruim sentar no banco
da praça quase vazia que é a confiança
e ter de companhia apenas pombos
que odeio mais do que a ela
que na verdade não odeio
nenhum pouco

de vez em nunca
procuro por motivos
para fingir que quando
esquento o corpo
é de tristeza

One thought on “o que há de chave baixa

Leave a Reply to Natália Gulias Cancel reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s